Mulheres do café

O café como bebida que você saboreia numa cafeteria ou em sua casa é resultado de esforço de muitas pessoas, desde o cultivo e colheita das frutas do cafeeiro, passando pela secagem, armazenagem, comercialização e a torra. Nesse sem número de atividades que se entrelaçam, existem histórias marcantes desempenhadas por mulheres que ajudaram a mudar a forma de produzir, liderar e educar no mundo do café.

Divinolândia é um município paulista localizado na Média Mogiana, numa das pontas da Serra da Mantiqueira, fazendo divisa com Caconde, São Sebastião da Grama e Poços de Caldas. Boa parte da produção de café vem de pequenas propriedades de até 10 hectares, onde todo o trabalho é feito pela própria família, muitas associadas à APROD – Associação dos Cafeicultores de Montanha de Divinolândia.
As tarefas são divididas entre os familiares, como no caso do Sítio Pirapitinga, da Família Borges: José Clovis cuida do cafezal, pilotando o pequeno trator ou muitas vezes com a enxada no ombro, enquanto a Regiane é quem controla a secagem das frutas durante o tempo de colheita, o que tem garantido lotes de excelente qualidade. Como complemento para a renda familiar, Regiane torra magistralmente os cafés num tradicional torrador tipo bola e faz diariamente queijos disputados na cidade.
A propriedade recebe visitas e está a 1.300m de altitude numa encosta que tem uma vista muito bonita.

O IWCA – Aliança Internacional das Mulheres do Café é uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo dar maior visibilidade das atividades desempenhadas por mulheres na cadeia produtiva do café. O braço brasileiro (www.iwcabrasil.com.br) foi fundado em 2012 e teve como sua primeira presidente Josiane Cotrim Macieira, jornalista com mestrado em Comunicação Política e de família de pequenos produtores em Manhumirim, MG.
Sua vivência internacional, muito em razão dos serviços como embaixador brasileiro desempenhado por seu marido, auxiliou muito na construção de sua liderança junto às mulheres do café do Brasil.
Treinamentos para capacitação técnica e de gestão nas propriedades, seminários para difusão de conhecimento e informação faz parte das atividades do IWCA-Brasil.
Além de tudo, Josiane é dona de grande cultura que pode ser compartilhada num delicioso bate papo acompanhado por um bom café.

Mulheres do café. Fotos: Ensei Neto/Arquivo Pessoal.

A cafeicultura ao longo do tempo formou mulheres de grande liderança em setores onde ainda são figuras raras. Muito dessa liderança foi forjada em outras atividades que não a cafeicultura ou mesmo por situações muito especiais.
Duas mulheres têm se destacado no campo das cooperativas, conduzindo uma das mais criativas e bem sucedidas, a Coocacer Araguari (www.coocaceraraguari.com.br), com sede em Araguari, no Cerrado Mineiro.
A partir de mudanças ocorridas na estrutura da organização em 2004, Evanete Peres, diretora do conselho de administração, e Eliane Cardoso, superintendente, passaram a moldar a Coocacer para torná-la preparada para os novos tempos que davam as caras: o armazém mais que duplicou sua capacidade de estocagem e processamento, atendendo as mais importantes certificações internacionais, investiu-se na formação de equipe de controle qualidade e, principalmente, na capacitação técnica dos produtores.
Tem modelo de gestão transparente, sendo a primeira cooperativa em Minas Gerais a resgatar créditos de impostos estaduais na forma de veículos e caminhões aos seus cooperados. Foi, ainda, a primeira cooperativa a organizar ecommerce para  realizar venda de café cru diretamente aos coffee lovers.

Num mercado em que o número de pessoas que se tornam apaixonados por café, o momento é o de procura por cursos de métodos para preparar o café em casa, além de outras atividades simples como aprender a distinguir diferentes qualidades.

Aprenda com quem entende de café de verdade, Hamorim Máquinas de Café Espresso! Toda a sexta-feira é a realizado nosso curso para baristas, caso você esteja procurando entre em contato com nosso time comercial!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *